Aqua10
download (1)downloadimages

Chaliponga – (Diplopterys cabrerana)

R$170,00

 

100 gramas = R$170 reais 

Chaliponga (Diplopterys cabrerana), também conhecida como chagropanga. Conhecida pelo seu uso xamã, como aditivo da ayahuasca tradicional dos vales amazônicos, a Chaliponga contém um alto teor de triptaminas. As folhas de Chaliponga (Diplopterys cabrerana) são usadas pelas tribos nativas da Amazônia peruana para preparar Ayahuasca.

Entrega

Calcule o valor do frete estimado para a sua região.


Descrição do anúncio

100 gramas = R$170 reais   

 

Oferecemos desconto emm quantidades maiores  consulte nos

Chaliponga (Diplopterys cabrerana), também conhecida como chagropanga. Conhecida pelo seu uso xamã, como aditivo da ayahuasca tradicional dos vales amazônicos, a Chaliponga contém um alto teor de triptaminas. As folhas de Chaliponga (Diplopterys cabrerana) são usadas pelas tribos nativas da Amazônia peruana para preparar Ayahuasca.

 As folhas de Chaliponga (Diplopterys cabrerana) são usadas pelas tribos nativas da Amazônia peruana para preparar Ayahuasca.  Essas folhas são de 2 a 5 vezes mais potentes que a Chacrona (Psicotria viridis). Algumas tribos, tais como os Harakmbet, acreditam que uma pessoa só deve provar a ayahuasca com chaliponga apenas após quatro ou cinco experiências de ayahuasca preparada com chacrona. Lembrando que para preparação da ayahuasca, deve-se combinar com alguma planta que contenha IMAO como oBanisteriopsis caapi (jagube) ou a arruda da Síria.

 

Sugestão de receita para preparo de Anauasca (Análogo da Ayauasca) com Banisteriopsis inebrians e Chaliponga desidratados:

Esta quantidade rende aproximadamente 4 doses de potencia média.

Ingredientes:

200 gramas chaliponga

400 gramas banisteriopsis inebrians  (substituto do Jagube/Mariri)

  • Pique as folhas da chaliponga
  • Na panela ainda seca coloque o material misturado (chaliponga + B. inebrians). Voce irá precisar de uma panela grande. 
  • Dica: a extração é mais eficiente se o volume total de material não ultrapassar 1/3 do volume máximo da panela (dá para ter uma noção pela altura das bordas da panela)
  • Adicione água
  • dica: usar em cada extração o dobro do volume de água em relação ao volume do material seco, ou seja, 1/3 da capacidade da panela em material e 2/3 restantes água.
  • Leve ao fogo alto até ferver
  • Após a fervura, mantenha em ebulição branda, mexendo continuamente por aproximadamente  1 hora
  • Dica: pode-se usar uma escumadeira vasada ou colher de pau;
  • Drene bem o material, reserve o líquido extraído.
  • Dica: espere a panela esfriar um pouco para evitar acidentes;
  • Retorne o material drenado na panela, adicione água novamente e leve para nova fervura, mexendo continuamente por mais 1 hora.
  • Novamente drene bem o material, junte o segundo líquido extraído com o primeiro
  • Filtre o liquido obtido das 2 extrações com pedaço de tecido TNT ou filtro de pano – Obs:. coador de papel não funciona.
  • Leve o liquido filtrado para nova fervura (branda, evaporando até reduzi-lo para aproximadamente 400 ml.
  • Esta quantidade rende aproximadamente 4 doses, ou seja cada dose terá aprox. 100ml. Conserve-o no congelador para evitar que amargue com o tempo e descongele antes do uso.

A preparação do ambiente da sessão de Anahuasca faz toda diferença. Algumas sugestões:

Escolha um local silencioso, sereno, se possível em meio a alguma natureza; 

Dica: em meio à civilização, use algum fundo musical calmo de sua preferência, exemplo.: sons da natureza, floresta, mantras, ícaros xamanicos, musica para meditação, etc. Deixe uma seleção musical longa o suficiente  para não precisar interromper a concentração.

Reserve energia, esteja bem disposto, este item é fundamental para a coerência dos possíveis insights da Ayahuasca;

Finalmente é de se lembrar que o verdadeiro trabalho espiritual possibilitado pela Anahuasca demanda sessões continuadas, é de longo prazo e a mesma quantidade da mesma bebida pode trazer efeitos bastante diferentes na mesma pessoa em diferentes momentos.

“Embora que não aprenda muito, aprenda sempre um bocadinho” (Mestre Irineu, fundador do Santo Daime)

 

Informações do vendedor

  • Nome da loja Ervas Sagradas
  • Lojista: Apuã Arachane
  • Endereço: S
    S
    S
    S
    S
    S
  • Sem avaliações ainda